Miguel Torga - Não passarão (French translation)

Portuguese

Não passarão

Não desesperes, Mãe !
O último triunfo é interdito
Aos heróis que o não são.
Lembra-te do teu grito :
Não passarão !
 
Não passarão !
Só mesmo se parasse o coração
Que te bate no peito.
Só mesmo se pudesse haver sentido
Entre o sangue vertido
E o sonho desfeito.
 
Só mesmo se a raiz bebesse em lodo
De traição e de crime.
Só mesmo se não fosse o mundo todo
Que na tua tragédia se redime.
 
Não passarão !
Arde a seara, mas dum simples grão
Nasce o trigal de novo.
Morrem filhos e filhas da nação,
Não morre um povo !
 
Não passarão !
Seja qual for a fúria da agressão,
As forças que te querem jugular
Não poderão passar
Sobre a dor infinita desse não
Que a terra inteira ouviu
E repetitiu :
Não passarão !
 
Submitted by Guernes on Mon, 11/12/2017 - 20:52
Align paragraphs
French translation

No pasarán

Ne désespère pas, ma Mère !
Le triomphe ultime est interdit
Aux héros qui n’en sont pas.
Souviens-toi de ton cri :
No pasarán !
 
Ils ne passeront pas !
À moins que vienne à s’arrêter, le cœur
Qui bat dans ta poitrine.
À moins qu’il n’y ait aucun sens,
De la dissolution du rêve
Au sang versé.
 
À moins que la racine ne se nourrisse
Que de boue, de trahison et de crime.
À moins que le monde entier ne puisse
Se rédimer dans ta tragédie.
 
Ils ne passeront pas !
La moisson brûle, mais d’un seul grain
Naît de nouveau le champ de blé.
Meurent les fils et les filles de la nation,
Ne meure pas le peuple !
 
Ils ne passeront pas !
Quelle que soit la fureur de l’agression,
Les forces qui veulent te juguler
Ne passeront pas
Sur la douleur infinie de ce « non »
Que la terre entière entend
Et répète :
Ils ne passeront pas !
 
© Christian Guernes
Submitted by Guernes on Mon, 11/12/2017 - 20:53
Miguel Torga: Top 3
See also
Comments